Meu cabelo: Bege dourado

Vim aqui contar que eu mudei. 

Sim me mudei de cidade, e também mudei o cabelo, hahaha. E uma coisa foi diretamente responsável pela outra. É que com a mudança de cidade, comecei a saga por um cabeleireiro. Acontece que sou muito fiel à alguns profissionais e quando gosto de alguém fico sempre receosa de ficar trocando. Minha máxima é: Em time que está ganhando, não se mexe né!”. Então durante anos fiz minhas luzes com o mesmo profissional (que aliás o conheci quando ele me arrumou no dia do meu casamento, e nessa brincadeira já se vão quase 12 anos :O). Mas o Nival, meu cabeleiro se mudou o ano passado, e instalou morada lá na Austrália e aí me senti órfã hahaha.

Mas há cerca de 3 meses também me mudei, não tão longe quanto o Nival, mas me mudei de cidade e com essa mudança começa todo um garimpo por novos prestadores de serviços, por novas paixões. E como a internet está aí para facilitar a nossa vida e aproximar as pessoas, me deparei com o Instagram do Beto Quintanilha (vale a pena seguir porque os cabelos que ele faz são MARAVILHOSOS segue aí >: @beto_quintanilhaa) e coloquei na cabeça (literalmente) que faria meu cabelo com ele. Entrei em contato e consegui agendar um horário nas minhas férias. E fui lá, toda feliz. Expliquei mais ou menos o efeito que eu queria e o tom desejado e deixei então que ele fizesse o que era melhor. Minha raiz  estava bem crescida e os cabelos brancos (que agora crescem feito mato) estavam gritando na minha cabeça. Eu só tinha olhos para eles e estava me incomodando muito. Eu sempre dei um intervalo de retoque nas minhas luzes de 6 meses, mas já percebi que tenho que diminuir para um período de 4 meses. O Beto usou a técnica conhecida como Block  no meu cabelo, técnica essa onde a raiz fica super natural, sem aquelas marcas de luzes. Ele explicou como é o processo:

Essa técnica é dividida em vários blocos pela cabeça e usamos três tipos de mechas para esse efeito (transferência, costurada e irisada). Transparência e costurada para clarearmos um pouco mais as pontas e esfumamos de 1 a 2 cm da raiz para dar um efeito natural .

Eu simplesmente amei o resultado. Aproveitei para hidratar e acertar o corte, mantendo ainda o LongBob, que já é o meu queridinho, mas agora com uma franjinha.

E aí gostaram?

O Beto Quintanilha atende no salão do Claudir Cabeleireros que fica dentro do Shopping de Mogi das Cruzes. 

0
0
Diga o quanto você gostou disso!

2 comentários em “Meu cabelo: Bege dourado

Deixe uma resposta